Procurando Dory, da Disney/Pixar, estreou nos cinemas na última quinta-feira, 30 de junho. Em apenas um fim de semana, a animação conquistou o posto de maior público e bilheteria do segmento no Brasil.

Essa linda história entre personagens e fãs — que começou treze anos atrás em Procurando Nemo, onde a coadjuvante Dory já roubava a cena — também já pode ser considerada um marco na nossa querida internet.

No final de 2015, a página oficial da Disney iniciou a campanha de divulgação do já tão esperado filme. Seis meses de antecedência. Como sustentar essa conversa? Com surra de engajamento e interação.

Tudo começou com tímidos pôsteres e teasers do filme e fotos das piscinas de bolinhas instaladas em shoppings. Até que um singelo post relembrando a famosa frase da personagem abriu o primeiro precedente: 69 mil likes, 19 mil interações e 1.876.088 de alcance, sem um centavo envolvido.

continueanadar

A vida seguia normalmente quando a página deu seu primeiro grande passo para fora da caixa, ou melhor, do aquário, com o WhatsApp da Dory.

dory-whatsapp

O post foi o encontro perfeito de forma, conteúdo e timing. A conversa trouxe de volta a característica mais peculiar da personagem: a perda de memória recente. O formato escolhido foi um vídeo, uma tendência que já é realidade, trazendo o barulho do mar e as polêmicas notificações azuis de visualização do app. E um novo recorde de alcance orgânico.

Desde então a equipe de social midia de Procurando Dory não parou um dia e, a cada semana, fez jus a esse lugar incrível chamado internet. Acompanhe a seguir alguns desses momentos lindos:

sanp_dory

adory

Enquanto isso, no Twitter... A conexão entre as redes se aprofundou por meio da ferramenta de enquete, levando para o facebook e para o exclusivo Instagram infinito @ProcurandoDoryBR, onde os fãs vão ao delírio com imagens e vídeos inéditos.

enqueteTwitterDory

Dory-Instagram-01

IMG-20160707-WA0008.jpg

Em paralelo, os influenciadores Nah Cardoso, Vii Tuhbe, Taciele Alcolea e Mauro Nakata são desafiados a aprender uma nova língua. Desafio aceito: eles foram até a Pixar fazer um teste para provar sua fluência no idioma — e saíram Procurando Dory pelos estúdios.

PIXAR_DORY

Também entraram nessa Antonio Tabet, Marília Gabriela e os Barbixas, dubladores do filme que anunciaram sua participação em divertidos lives, mostrando que também dominam o delicioso dialeto. Faceboook, YouTube, Instagram, Snapchat, Twitter. Todas essas redes sociais formam uma grande família que fala uma só língua: baleiês.

DIA MUNDIAL DO BALEIÊS

Não para por aí: também teve live via drone na apoteótica projeção mapeada feita no Shopping JK Iguatemi, em São Paulo, a poucos dias da estreia. Impossível não se emocionar.

Projeção Mapeada JK

Para finalizar, ou melhor, nunca acabar, a zueira se espalha por toda internet. Com os mais divertidos aplicativos e memes. E com todo mundo ansioso para enfim ver, juntos, Procurando Dory.

ines-brasil-dory

Nenhum textão de blog seria capaz de contar tudo que nem a Dory vai conseguir esquecer. Muito orgulho de fazer parte dessa equipe, dessa incrível parceria com a Disney. We are Dory, We are awesome. #OiEuSouADory